quinta-feira, 6 de julho de 2017

FENOMENOLOGIA: O EQUIVOCADO TRATO COM ACUSAÇÕES DE CRIMES DE ORDEM SEXUALo caso laercio BBB





Enquanto estão sendo escritas essas linhas esse senhor de aparência intragável se encontra preso há mais de ano e meio. Sem julgamentos e questionamentos, o importante é salientar o anômalo poder que atualmente goza o judiciário como maquina de fácil agilidade em resposta à equivocada  mídia , e como sumidouro de vidas humanas quando se trata de questões de ordem sexual. Participante de um decadente programa televisivo onde pessoas de diversas idades, classes sociais e etnias se encontram confinados em por 90 dias uma casa em que a maioria dos brasileiros adorariam passar o resto de suas vidas, o cidadão da fotografia, de uma antipatia mastodôntica, notabilizou-se em falar disparates sobre suas preferencias sexuais com mulheres de tenra idade e entrar em rusgas com as beldades confinadas com ele, onde foi ofendido por diversas vezes quanto à idade , atitudes e odor corporal.
Retirado do programa devido ao curso normal do duvidoso e copiado jogo, Laercio de volta para a capital paranaense tem pouco tempo para usufruir sesu quinze minutos de fama, sabiamente previstas por Wandy Warholl na década de 70.
Logo envolvido em mexericos, denuncias de todo modo aleatórias e advindas de menores justamente pela repentina fama, em resposta quase imediata as autoridades policiais "especializadas",  respondendo pequeno maremoto de mexericos que se formou logo entabulou rapidíssimo  inquérito policial e pediu a prisão preventiva do aspirante a playboy.
Na sequencia, deferida a preventiva por um judiciário sempre preocupado em desnortear o publico com decisões as mais disparatadas, o cidadão é simplesmente executado em praça publica, sem nenhuma chance.
Levado de camburão com a devida cobertura midiática , logo depois o mesmo tem sua residência invadida, onde levam os computadores e objetos pessoais como provas , sendo que o acusado mora com sua mãe de 80 anos, sem ninguém se importar com o susto ou trauma da idosa , que alguns dias antes já havia  visto levarem seu filho.

O mais grave é que, já engolido por uma absurdamente ágil maquina repressora (que não age do mesmo modo em todos os outros tipos de crime) o antipático é simplesmente esquecido já por quase ano e meio nos presídios paranaenses , com sua prisao resistindo mesmo a habeas corpus em segundo grau de jurisdição.
Em suma, 400 longos dias se passaram sem que se saiba, protegido o Estado pelo “segredo de Justiça”  que nada beneficia o acusado, por quê  não se encontra condenado ou não se sabe a que ponto anda seu processo, ou mesmo se houve prova de algum estupro ou molestação de vulneráveis.
O que somente se sabe é que Laercio não será o mesmo homem que entrou na cadeia paranaense. Em nossos dias de total indiferença, o Estado pouco está ligando que o senhor que tinha um sorriso no rosto barbudo tornará a rir, pois aprendeu que o Estado, a uma simples queixa , pode esmaga-lo na unha como a uma pulga.

É necessária a revisão filosófica fenomenológica do trato com os crimes sexuais, posto que todos os acusados  são colocados na vala comum da bestialidade e tratados como criminosos culpados e execráveis, quando na maioria das vezes são pobres homens (e mulheres)  doentes e somente precisando de um pequeno tratamento, isso quando não são vitimas de pequenas e odiosas vinganças de ex-companheiras e esposas.
Exemplos cruéis já vem de décadas , como a hedionda ESCOLA DE BASE em São Paulo, onde um delegado carreirista e uma série de irresponsabilidades destruíram a vida de dois educadores, mãe e filho, com a mãe a morrer de tristeza e o filho a suicidar-se, mesmo quando foi provada a mentira das crianças.
Mesmo esses exemplos não servem para um judiciário estanque e insensível em cada Estado, que não se abala em lapidar práticas germânicas de opressão policial a um processo penal que beira as raias da mais absoluta loucura, onde a defesa tem a porta estreita de tal modo que mal se pode falar em detalhes sexuais e onde a vitima, mesmo criancinha entupida de remédios para distúrbios psíquicos, é tratada como a dona da mais absoluta verdade.
A situação de Laércio chegou ao ponto que os americanos chamam de “no return point”, posto que ficou de tal modo escabrosa que se for absolvido, o prisioneiro estará livre mas com a vida destruída e de impossível habitabilidade na capital paranaense,com a condenação previa do populacho sempre mal informado pela mídia que o suga, mesmo assim sem nenhuma retratação ou compensação estatal. Se for condenado, certamente o será por base em depoimentos e conjunto probatório inconsistente, mesmo assim a dezenas de anos de aprisionamento, por parte de um judiciário que solta genocidas sob a alegação de falta de provas, e por incrível que pareça passou menos tempo na cadeia que ele, apesar das toneladas de documentos e áudios das ordens de execução.

Tal situação não mais pode prosperar, e apesar de certeiras duvidas de que haverá mudanças no trato com crimes de ordem sexual nos Estados depois deste triste exemplo, Laercio não mais pode permanecer preso por mais de ano e meio apenas por ter sido um falastrão infantilóide, interessado em  jactar-se em relacionar-se com moçoilas e prazeres carnais do que no verdadeiro crescimento interior.E tome Terceiro Mundo...

domingo, 19 de março de 2017

TERCEIRO MUNDO QUE TRABALHA E ESTUDA VERSUS TERCEIRO MUNDO QUE COPIA E COLA E VENDE A PREÇO DE BANANA SEUS RECURSOS NATURAIS



Esse grupo de animadas senhoras indianas o leitor dificilmente poderá adivinhar o porquê elas estão aparentemente se abraçando em comemoração. Talvez ajude os quadros por detrás delas, mostrando algo parecido com coisas de alta tecnologia e aviação. Pois as mesmas são engenheiras espaciais de alta qualificação, e estão comemorando a chegada de uma sonda indiana no planeta Marte, tudo a um custo baixíssimo e inferior ao orçamento do filme ridículo em que espqueceram um naé em Marte (US 200,000,000.00).Diferentemente de nosso tristonho país, onde o esporte predileto é arrumar um cargo publico, puxar a brasa para a sua sardinha  e viver para o próprio umbigo algumas décadas esperando o inevitável ; outros países do terceiro mundo, com problemas bem mais graves, acabam apelando para a seriedade , trabalho e estudo para fazer realizações. Enquanto nós perdemos tempo sabendo quem está comendo quem, como é a casa do “artista”  tal, que político está roubando dessa vez, cerveja, futebol ,  bunda e praia, os indianos sabem que , se não trabalharem não conseguirão comer, se cometerem um crime vão apodrecer muitos anos em prisões terríveis e se não estudarem muito terão uma vida de privações inimagináveis para um ocidental que viva abaixo do Equador. Ao invés disso, uma das grandes culpadas pelo atual estado de coisas, a Universidade, cujos professores prostituíram-se por alguns salários mínimos mensais e recolheram-se em suas pesquisas ABNT totalmente inúteis, como a contagem de caramujos em determinado córrego, isolou-se totalmente da sociedade brasileira, chegando ao ponto em que as suas delongadas greves chegam a surar centenas de dias sem que a sociedade nem ao menos tome conhecimento do que se trata a reinvindicação. Uma postura mais estreita com a comunidade, uma seriedade e trabalho árduos ,o corte burocrático das centenas de departamentos inúteis, bem como o reagrupamento multidisciplinar se fazem necessários na tentativa de se salvar essas instituições moribundas que se satisfazem em formar profissionais medíocres e mal preparados, formados com cópias “xerox” que acabaram não lendo, cidadãos sem nenhum senso crítico e atrelados ao que diz a mídia em suas cabeças. Temos de deixar de ser a nação do `copia e cola` imediatamente, pois essa situação irá se agravar a ponto de ter-mos de pagar royalties milionários a criadores de programas de televisão estrangeiros porque não conseguimos bolar um esquete sequer sem..perái...já fazemos isso há três décadas!!!!

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

O BUFAO ILUDIDO




Alguém terá de gritar no ouvido do pobre bufão que ele foi plantado no local onde está, depois de anos de conspiração, somente para o interregno de um mandato tampão,antes que seja tarde demais. Exemplo clássico de conspirador usurpador que quer tomar o poder a qualquer custo, o bufão esquece que suas capacidades intelectuais, sua percepção da realidade , sua cultura e as pessoas que os rodeiam são acostumadas a gerações de mediocridade , voto de cabresto e açambarcamento de dinheiro público. Tal equipe , em menos de um mês, já demonstrou a ingenuidade de chamar `especialistas`  com fórmulas mágicas para a solução de problemas gigantescos e estruturais, o que somente gera as maiores dicotomias e perversidades legislativas.Aliado a isso, grupos que beneficiam-se com a republica desde Cabral (não o governador do Rio,e sim o navegante lusitano) sempre cegos aos anseios e esperanças da população, tratam de puxar a brasa para suas respectivas sardinhas, sem medir qualquer consequência, como a quebra dos Estados ou a retirada de serviços básicos à população, que , afinal,  é o mote da pátria.Infelizmente o estado brasileiro, e várias de suas instituições, como a OAB, viraram monstros incontroláveis,gigantescos  frankensteins com glutonice desmedida e sem qualquer parâmetro, e que por fim nada ou pouco fazem por aqueles que deveriam proteger ou no minimo representar.A atitude de `reformador da pátria` do bufão irá dar com os burros n´agua rapidamente, mas às custas de muito sofrimento e arrocho da população, que parece que nunca terá a noção de que governo , pelo menos nesses moldes ridículos e anti democráticos, não presta para absolutamente nada além de atrasar suas vidas. Entao, alguém em Brasilia chegue bem perto da orelha do bufão e grite que ele é um mero Pétain (mesmo essa comparação é cruel para com o falecido marechal Frances) e não um De Gaulle e vá curtir seus ultimos anos ao lado de sua esposa trumpiana, antes que leve o país à uma horrível guerra civil, que acabará na Historia como uma guerra que destruiu pela metade o pacifico povo brasileiro.

domingo, 20 de novembro de 2016

FENOMENOLOGIA SEQUENCIAL DA PRISÃO DO CABRAL EM UM ESTADO FALIDO


Essa foto é um dos homens mais ricos do mundo, e dentro da fenomenologia sequencial, chamada pelos menos cultos de ilações, representa não o ápice da história recente brasileira, mas de uma realidade que ainda está longe de acabar. Envolve desde a constituinte de 88 até o sistema de impunidade penal brasileiro, reservada a dureza prisional e processual aos menos afortunados . As ilações, como dizem alguns magistrados sem nenhuma cultura além de almanaques e revistas semanais de notícias, podem assim ser  espelhadas:
1- O Código Penal Brasileiro, ainda da década de 40, não foi atualizado no tocante às penas, sendo que a penalidade para a modalidade de `homicídio culposo` chega a ser uma afronta.
2-Na década de 70, a Lei Fleury e seu `sursis`  para penas menores , começou a completar o quadro de impunidade, além do que desvalorizou a vida humana em relação ao povo brasileiro a níveis nunca vistos anteriormente em termos civilizatórios.
3- Nessa esteira, matar em acidentes de transito (acidentes?) passou a ser coisa banal e corriqueira, atualmente com 70 mil mortes anuais, em verdadeiro massacre.
8-Crimes de corrupção e estelionato (este um dos mais graves, porque destrói famílias e vidas sem piedade e com danos permanentes) também passaram à banalização.
9-Com a Constituinte de 88, mais novidades legislativas, com os militares tendo entregue uma complexa máquina estatal a um punhado dos chamados tecnocratas, que entregaram-se avidamente ao saque.
10- Atualmente, um estado gigantesco como o brasileiro foi o resultado, onde toda uma classe média alta é empregada ou depende do governo para manter seus altos salários, totalmente impossíveis de se encontrar na iniciativa `privada`.
11-Na mesma óptica, a máquina estatal, como suas cinco milhares de prefeituras, suas milhares de fundações, institutos, bancos e empresas, é gerida mais facilmente do que um quitanda de frutas, podendo quantias absurdamente astronômicas serem manejadas sem nenhuma prestação de contas.
12- Dentro desta perspectiva, não há interesse em se fazer saneamento básico ou melhorias para a população, pois o que dá mesmo dinheiro são obras suntuosas e faraônicas, totalmente impossíveis de se avaliar, tanto pela quantidade de itens pela incapacidade das autoridades fiscalizadoras.
13-A Copa do Mundo foi a chance do início do século para a terceira geração de tecnocratas do pós ditadura, homens atualmente na meia idade, e que , apesar de seus pais já terem se servido do Brasil, não se encontraram mais satisfeitos com milhões de dólares, passando a perseguir a casa dos bilhões de dólares (milhões de milhões como diriam os lusitanos)
14-Acertaram na ganancia e erraram na mão, quebrando a maioria dos estados da federação de forma dantesca, em situação que só tende a se agravar, dado que o governo federal, partícipe da orgia, também está quebrado, e se optar pela ativação da máquina de fazer dinheiro, disparará uma inflação sem precedentes.
15-Restou aos juízes fingirem que estão fazendo algo, quietinhos que estiveram durante os anos de chumbo, e agora seus filhos e netos pegam um ali, outro acolá, enquanto toda a máquina estatal se encontra mergulhada na corrupção.
16-Para isso contam com as desnorteantes leis do início da lista, agravadas um pouco por uma colcha de retalhos casuística que tenta enfrentar crimes de colarinho branco, mas que a penalização acaba sendo totalmente vexatória, e garantindo para si salários de executivo de multinacional, isso em um país em que a população é banguela.
17-Mas o estado quebrado logo exporá a situação de privilégio de várias `classes`  de funcionários públicos, que produzem mais confusão e besteirol do que realmente uma efetiva prestação de serviços à Sociedade (quem perdeu um parente em acidente de avião sabe do que estou falando), inclusive as Universidades , que criaram um mundinho particular só delas e de nada mais adiantam em matéria de desenvolvimento nacional.
                Por fim, o prego da foto certamente será condenado a 200 anos de prisão, mas dentro de poucos meses estará em sua mansão no litoral carioca, vivendo em total segurança e rodeado de todo luxo, enquanto ao povo é reservada a morte dolorosa e sem esperança na fila do Sistema Único de Saúde.
                Fim das ilações fenomenológicas, ,,,,acredite se quiser.


quarta-feira, 9 de novembro de 2016

ELEIÇÃO DE TRUMP E O FIM DO POLITICAMENTE CORRETO


ELEIÇÃO DE TRUMP E O FIM DO POLITICAMENTE CORRETO (pelo menos nos EUA)


A eleição de um legitimo redneck para a presidência dos estados Unidos demonstra o total fracasso e o enterro definitivo do `politicamente correto`. Com essa absurda invenção esquerdista, o mundo chegou ao enclave que ora se encontra :o mundo árabe quase todo destruído, crise de refugiados de alcance mundial, bombas russas na cabeça de crianças, África dominada por senhores da guerra , poluição desenfreada e aí por diante.O maior representante desse estado de coisas foi Obama, com sua politica de fingir que está fazendo mas não faz, sempre tratando au passant assuntos de extrema gravidade, como se falar ou pensar com realismo fosse a maior das ofensas. O povo americano acabou farto ao ver sua inércia quanto à violência policial contra negros, o país com frentes de guerra em diversos países enquanto a crise econômica come solta nos estados Unidos,e a indefinição em várias frentes de interesse, onde até mesmo a monstruosa radiação de Fukushima é tratada com leviandade, mesmo tendo  chegado nas praias americanas. Apesar de seus discursos sempre maravilhosos, Obama estourou com a paciência da classe média americana, que , diferentemente da brasileira, não está vinculada e atrelada ao serviço público, e que acabou por se revoltar  ao pagar impostos que são revertidos tanto em violência policial quanto em guerras externas, enquanto as geladeiras antes abarrotadas estão cada vez mais vazias. O redneck eleito  ao menos agredirá questões de interesse dessa sofrida classe média, o que só trará benefícios , como o armamento da população, o combate ao crime organizado, maior agressividade econômica e o freio nas incessantes guerrilhas pelo mundo. O Brasil , por sua vez, passará a ser tratado como a maior das repúblicas de bananas , como sempre mereceu.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

SOMOS TODOS CHAPEUZINHO VERMELHO -OU OS TRISTES TEMPOS QUE SE AVIZINHAM (DE NOVO)





SOMOS TODOS CHAPEUZINHO VERMELHO

Uma das principais características da produção literária e midiática é a licenciosidade em se torcer a realidade de modo a que os acontecimentos da estorieta possam se desenvolver. Desde a mocinha que sai com um toco de vela na mão no casarão caindo aos pedaços para averiguar o barulho na cozinha (e ser previsivelmente esfaqueada) até  o heróis de ação que enfrentam rajadas de poderosas metralhadoras e devolve tiros certeiros com sua pistola de mão na base de um disparo um `ugh` e um bandido/inimigo morto .Até mesmo sofisticados esquemas de segurança , que tem de ser vencidos por imensos estratagemas e planos impossíveis , para se chegar ao dinheiro ou a informações confidenciais deixam o sabor de que a realidade passa ao longe, onde um vigia velhinho com um apito na porta teria melhor resultado (mas não teria filme, no final das contas) .O desgoverno Temer , a seu turno, lembra imediatamente a brutal licenciosidade emprestada à estória do chapeuzinho vermelho, conto medieval de terror adaptado as baboseiras infantis, onde a chapeuzinho encontra o lobo mau em cima da cama da vovó (devidamente engolida inteira) com suas roupas e passa a perguntar sobre seu aspecto e funcionalidades  dos atributos que apresenta (boca grande, focinho espichado.orelhas pontudas). Ora, claramente fruto de uma enorme conspiração, onde Salieri aguardou por anos até dar o bote, agora traveste-se de vovozinha para falsamente apregoar reformas (?)  de todo tipo, como se houvesse condições de se reformar uma edificação podre em suas bases.A noticia de ontem (23.09.2016) que por decreto foi “reformado”  o ensino médio, cai com uma luva nesta comparação. Sem debates, sem justificativas plausíveis, sem analises, sem métodos sérios ,sem consulta a população, sem pesquisas, o lobo mau se apresenta como vovozinha e pretende acabar com o ensino de Filosofia e educação física .Nada pode ser mais fascistóide, justamente agora que o ensino de filosofia estava criando interesse nos alunos de escolas publicas, com métodos de ensino de jovens professores utilizando mesmo filmes de hollywood e nacionais para acalorar o debate em sala de aula, com resultados animadores como o interesse dos jovens ,e a descoberta da necessidade de se criar uma consciência própria para se poder sobreviver em um mundo de acelerada mudança (para pior,claro) .Educação Física nem se fala, com milhares de profissionais pelo brasil que dependem de tal atividade, com o sucesso das olimpíadas e paraolimpíadas a demonstrar que a atividade física auxilia e muito na formação do caráter e no interesse de viver ; também passa a ser tratada como matéria optativa, o que nos rincões de prefeitos e governadores desletrados é um pedido para a extinção da cadeira. Não se pode negar que estamos agindo como a chapeuzinho vermelho, vendo um enorme lobo ensanguentado em cima da cama da vovó e ainda nos damos ao trabalho de perguntar por quê da sua boca tão grande .O quadro é totalmente fascistóide, não ao atendimento de uma ideologia ou doutrina, mas ao atendimento puro e simples de forças dominantes que odeiam imaginar que o povo brasileiro possa um dia chegar a pensar .Mesmo Mussolini , ao perguntar ao povo italiano certa vez em um famoso discurso belicoso se  queriam manteiga ou canhões teve o bom senso de ao menos fingir que estaria interessado na opinião popular .O incompetente Temer, ilegítimo sob todos os aspectos, quer reformar o que está irremediavelmente podre e quer empurrar por goela abaixo tais atos desastrosos na forma de `prato feito`, porem sujo, requentado e sem nenhum tempero, obedecendo a uma `agenda` sem qualquer critério a não ser o tolhimento das liberdades civis e ideológicas . Realmente os conspiradores sabem que somos todos Chapeuzinho Vermelho desde o helicóptero abarrotado de cocaína do aventureiro piloto que pegou a aeronave escondida do deputado para fazer suas traquinagens.

sexta-feira, 24 de junho de 2016

O POLITICAMENTE CORRETO NAUFRAGA JUNTO COM A EUROPA




A AGONIA CADA VEZ MAIOR DO POLITICAMENTE CORRETO E A SALVAÇÃO DA CIVILIZAÇÃO OCIDENTAL


O resultado do referendum inglês é somente mais uma pá de cal à odiosa prática esquerdista do politicamente correto que assola o mundo (e ainda assola o terceiro mundo que quer ser segundo mundo = Brasil) . Os intelectuais franceses que na década de oitenta faziam a apoteose da diversidade, da importância da mistura das raças, da inocuidade de se permitir culturas de outros países estão quietinhos ou já morreram.Deixaram os politicos esquerdistas, os quais são de todo modo iguais aos latinos para a consecução de trapalhadas e desmandos.De um lado uma politica aberta à imigração, ao amparo social desmedido, aos programas de adaptação de estrangeiros e de outro lado uma politica duvidosa de bombardeio de países sob a alegação de ditaduras , de `guerra ao terror` e de pura e simples dispêndio de arsenais e munições velhas.O resultado é uma Europa totalmente confusa com as ondas de imigrantes ,e a triste constatação que o imigrante que fugiu de seu inferno não esquece do mesmo , mantendo suas tradições politicas , religiosas e familiares a qualquer custo .Programas de aculturamento não deram certo, e o dinheiro gasto com programas sociais intensos refletiu em todas as outras áreas.Poucos na big stream media lembram  o público (confesso que ainda não vi) que foram justamente França, Inglaterra e EUA quem bombardeou Kadaffi até a morte, e imediatamente grupos rivais se apoderam do extenso arsenal bélico líbio, transformando aquele país em um verdadeiro inferno onde matar ou morrer é realidade diária .Deu no que deu .O povo inglês, sempre altivo, não aguentou uma década de invasão árabe em suas cidades pré-medievais de pedra, com no-go zones cada vez mais pontuais, com  imigrantes incomodando em todos os aspectos da vida inglesa, com exigências de mudanças em merenda escolar, horários disso e daquilo , vestimentas e tudo que possa incomodar o próximo ante a inadaptabilidade do imigrante ao seu meio.O imigrante árabe quer adaptar o meio a ele, o que certamente resultará em confronto. Uma religião violenta que insiste em dizer que não é violenta, aliado a um tratamento perverso para com as mulheres completa o quando .Na França, pais latino , as pessoas demoram muito para reagir a um  estado de coisas desse tipo, ainda mais por ser sempre o festejado berço do Humanismo (e seus filósofos e pensadores, ainda quietinhos, sempre chancelaram a imigração dizendo-a inofensiva).É claro que com a separação a Inglaterra partirá para a expatriação de milhares e milhares de não nascidos, e a França começará s seguir pelo mesmo caminho antes do fim do ano .O confronto está armado, pois que ninguém em sã consciência quer voltar para o areal quente quando pode viver em um país civilizado, mas os imigrantes parecem não se dar conta disso ,não deixando nem as praticas barbaras de submissoa feminina, como a circuncisão feminina efetuada na mesa de cozinha, para o vizinho europeu ouvir os gritos desesperados das meninas.Haja politicamente correto.